quarta-feira, 19 de junho de 2013

Com medo de protestos, Record tira repórteres das ruas de SP


http://natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/8be7a9297b221864b74ea265a876f908.jpg

Uma Unidade Móvel de Jornalismo da Record foi atacada por vândalos durante os protestos desta terça (18) em São Paulo.

Algumas pessoas colocaram fogo no carro da emissora e tentaram virá-lo, mas não conseguiram. Para preservar a integridade de seus jornalistas, a Record decidiu que nenhum repórter ficará nas ruas durante o resto da noite.

Todos foram chamados de volta e deverão ser liberados do trabalho.


“A Rede Record vem a público informar que todos os profissionais que trabalhavam na transmissão ao vivo das manifestações em São Paulo escaparam ilesos do incêndio no caminhão usado para a captação de imagens.

O protesto na porta da Prefeitura que teve momentos de tensão com a tentativa de invasão do prédio já estava esvaziado. A grande maioria dos manifestantes já tinha deixado o local em passeata. Por isso, a Record tem a certeza de que foi atacada por uma minoria de vândalos.

Antes que o carro saísse, um grupo atacou o veículo com pedras e depois colocou fogo nos equipamentos. A Record reafirma o seu compromisso de transmitir com fidelidade o protesto pacífico de milhares de pessoas nas ruas brasileiras e lamenta apenas que pequenos grupos tentem impor as suas ideias pela violência".





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares

Você Gostou do Programa"Encontro com Fátima Bernardes"?

Sinal Aberto!

Televisão Ao Vivo

Promoção Adidas

NOTICIAS DE ESPORTES

NOTÍCIAS DO CINEMA