quinta-feira, 23 de maio de 2013

Eu posso voltar pra TV,diz Ana Paula Padrão em entrevista


http://natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/bcbe79c9631a782245e8b976a0af4445.jpg



A jornalista Ana Paula Padrão, que recentemente saiu da Record para se dedicar à sua empresa, falou sobre a sua carreira e seu futuro em entrevista para o jornalista Laércio Botega, da Rádio Bandeirantes de Santa Catarina.

Ela começou relembrando sua experiência no "Jornal da Globo": “Passei cinco anos na bancada. Não esperava o convite naquele momento, já tinha combinado que continuaria como correspondente. Minha vida mudou em 180 graus. Eu adorava ser correspondente, mas era importante voltar ao Brasil em um cargo bom. Foi um começo difícil, eu não sabia andar em São Paulo. Além disso, eu sou uma pessoa diurna, depois que me casei, ficou difícil. Mas eu acho que saí na hora certa”.

Depois, deu detalhes de sua negociação para sair da Globo e assumir o projeto do “SBT Brasil", em 2005: “O próprio Silvio me convidou. A casa só ficou sabendo depois que assinei. Foram um mês de negociações. Foi surpreendente pra todo mundo. Foi um desejo do Silvio, ele queria que eu reestruturasse o departamento de jornalismo do SBT. O departamento era pequeno, as afiliadas não enviavam mais matérias para a rede. Foi um projeto em conjunto com a parte técnica, as afiliadas. Fizemos em três meses e colocamos no ar o 'SBT Brasil', além de dar uma cara pro jornalismo da emissora”.

E falou sobre o "SBT Realidade", programa de documentários que fez no canal: “Isso já estava acertado com o Silvio. Quando fui pra lá, eu já fui pensando em fazer um programa desse tipo. Primeiro, eu reestruturei o departamento e depois eu fui fazer o que eu queria. E como na época estava montando minha produtora, foi o útil unido ao agradável. O SBT foi o primeiro cliente dela. E foi um excelente cliente”.

Ana Paula Padrão confessou que não tem assistido muito televisão, até por estar ocupada com suas empresas: “Eu tenho dificuldade em ver TV. Eu não me vejo, odeio. Como hoje em dia tem internet, eu não sinto falta dos noticiários. Quando eu vejo TV, só vejo filme, séries”.

Ela também relatou porque aceitou o convite da Record em 2009, sendo que não gostaria de fazer mais bancada, inclusive, rejeitando um convite de Silvio Santos: “Eu achei que o mercado estava preparado para me ver de outra maneira, mas isso não aconteceu. Eu tinha do Silvio um desejo de voltar pra bancada, além de duas emissoras que me chamaram. Quando fui para a Record, eu assinei por quatro anos, e já estava acertado que não iria renovar. Não queria ficar mais na bancada”.

Ainda na entrevista, Ana Paula Padrão não descartou uma volta para a TV: “O telefone tem tocado toda hora, com propostas. Mas eu quero ficar nas empresas em algum tempo. Eu posso voltar pra TV? Posso, mas não agora”.

Ela concluiu falando sobre o “Tempo de Mulher”, seu projeto que envolve internet e palestras pelo país, defendendo a causa da mulher: “O Tempo de Mulher tem de 2 a 4 milhões de visitantes únicos por mês. O mercado aceitou bem e eu pude fazer o que não consegui anos atrás. Eu amo o que faço atualmente”.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares

Você Gostou do Programa"Encontro com Fátima Bernardes"?

Sinal Aberto!

Televisão Ao Vivo

Promoção Adidas

NOTICIAS DE ESPORTES

NOTÍCIAS DO CINEMA